3 min read

Simplificando Fluxos de Trabalho nos Laboratórios de Testes de Cannabis

9/dez/2021 7:30:00

Streamlining Workflows in Cannabis Testing Laboratories - PT

Com mais pessoas se tornando consumidores regulares de produtos derivados da cannabis, alguns analistas de negócios estimam que a indústria da cannabis nos Estados Unidos poderá ultrapassar US $ 100 bilhões em apenas quatro anos.

Garantir a qualidade e a segurança dos produtos de cannabis é uma das principais prioridades para fabricantes e distribuidores que têm como objetivo alcançar a confiança do consumidor e seguir a conformidade regulatória. Um número crescente de estados dos EUA promulgou novas exigências regulatórias que solicitam testes abrangentes de produtos de tetrahidrocanabinol (THC) e canabidiol (CBD) por laboratórios credenciados pelo estado. 

Os testes podem determinar os níveis de THC e CBD, pesticidas residuais, contaminantes, como metais pesados, mofo e bolor. Os requisitos de teste variam dependendo do estado e de uma gama crescente de tipos de produtos, incluindo partes da planta de cannabis, como flor, folha e biomassa de cânhamo até concentrados processados, comestíveis e tópicos.

Em geral, os laboratórios de testes CBD/THC fornecem as seguintes análises:

  • Canabinóides
  • Matérias estranhas
  • Metais pesados
  • Impurezas microbiológicas
  • Teor de umidade  
  • Micotoxinas
  • Pesticidas
  • Solventes residuais
  • Terpenóides
  • Atividade de água

Muitos laboratórios de testes de cannabis partilham fluxos de trabalho semelhantes. Os produtores de cannabis e os fabricantes de produtos começam o processo fazendo encomendas ao laboratório para testes analíticos dos seus produtos. As amostras dos produtos são recolhidas, enviadas para o laboratório, preparadas, testadas e os resultados analíticos revisados, levando a um certificado de análise detalhado (CoA - certificate of analysis).

A consistência baseada em procedimentos padronizados é uma marca registrada de operações estáveis ​​de laboratório. Os erros humanos inerentes aos processos manuais são ineficientes, tornando difícil dimensionar, compartilhar e reportar os resultados. Criar métodos confiáveis ​​e protegê-los em um fluxo de trabalho estabelecido reduz a pressão e a carga necessárias para realizar as tarefas e atividades diárias necessárias para entregar resultados de qualidade. A operação manual de dados é típica em testes de cannabis, mas demorada e sujeita a erros, especialmente à medida que o número de amostras testadas aumenta, colocando uma pressão sobre o pessoal do laboratório. São necessários controles de processo extensivos e revisão completa dos dados para identificar e reduzir os erros.

A criação de um sistema confiável para rastrear o grande volume de informações criadas neste fluxo de trabalho, melhorar a qualidade, a eficiência e atender aos requisitos regulatórios em constante evolução pode ser um processo demorado e caro.

O uso de um LIMS (sistema de gestão de informação laboratorial) pode ajudar os laboratórios de testes de cannabis a fornecer resultados de alta qualidade de forma consistente aos seus clientes e alcançar a conformidade, automatizando os processos e a documentação laboratorial. Um LIMS irá registrar, rastrear e reportar amostras e resultados de forma estruturada e consistente, garantindo uma cadeia de custódia confiável enquanto mantém a integridade dos dados.

Ao eliminar a entrada manual de dados e as etapas de revisão, um LIMS dedicado ao fluxo de análise de cannabis racionaliza o trabalho com:

  • Todos os dados auditáveis do laboratório em um só lugar
  • Interfaces com sistema seed-to-sale
  • Etiquetas com código de barras para identificação de amostras
  • Biblioteca de análise de testes de cannabis
  • Integração com instrumento comumente usado em testes CBD/THC
  • Automação CoA configurada ao cliente
  • Suporte de gerenciamento de treinamento e documentação ISO/IEC 17025 

Os recursos do LIMS devem crescer não apenas como um laboratório individual de testes de cannabis, mas também com a indústria e as suas novas exigências regulatórias. Um sofware-as-a-service (SaaS) LIMS especialmente criado para o laboratório de testes de cannabis fará isso e terá benefícios adicionais:

  • Baixo investimento inicial
  • Fluxos de trabalho prontos para uso possibilitando pedidos de amostras, testes e revisão de dados
  • Redução do tempo de início de operação
  • Acesso seguro a partir de qualquer navegador da web e em qualquer dispositivo
  • Zero custos de manutenção de TI e atualização do sistema

Um SaaS LIMS deve oferecer aos laboratórios de testes de cannabis a solução completa, incluindo tanto a infraestrutura como a manutenção diária, validada de acordo com as melhores práticas da indústria. Ele deve ser pré-configurado para combinar com os processos de teste de cannabis, proporcionando uma implementação rápida e fluxos de trabalho simplificados.

Solicite uma Demonstração

Topics: LIMS

Featured

Momentum LIMS ELN G2 - LabWare Spring 2021

 High Performer LIMS ELN G2 - LabWare Spring 2021

G2 Users Love Us - LabWare Spring 2021

 

 

New call-to-action